Avanços tecnológicos para o varejo_rodionkutsaev_unsplash

Avanços tecnológicos no varejo: 6 startups que podem transformar o setor

BlogPosts
Nenhum comentário

Avanços tecnológicos estão transformando o varejo: mudaram a maneira como as empresas vendem e também como as pessoas consomem. Não à toa, o setor observou o nascimento de um novo perfil de cliente, o phygital, aquele que está transitando entre o ambiente físico e o eletrônico, como identificou a consultoria Deloitte Brasil em um amplo estudo sobre o tema.

“O varejo tem procurado se adaptar aos desafios do contexto econômico e também diversificar os meios de interação com o cliente, combinando mídias tradicionais com plataformas disruptivas”, explicou Reynaldo Saad, sócio-líder de Consumer da consultoria. Isso mostra que, mais do que nunca, apostar em inovações para se relacionar com o público e para gerenciar a operação se tornou imperativo para as empresas.

Em resposta ao movimento, o setor investiu 3,5% do faturamento líquido obtido em 2017 em soluções tecnológicas, como mostrou o levantamento mais recente da Fundação Getúlio Vargas sobre o uso de tecnologia de informação por empresas. Embora esse percentual ainda seja baixo na comparação com outros setores, como a indústria, a pesquisa revelou que essa tendência por parte das varejistas crescerá ainda mais.

As novas tecnologias e as ideias que estão na mira das startups

Avanços tecnológicos para o varejo

Startups estão na ponta dos avanços tecnológicos que vêm revolucionando a forma como vendemos e consumimos. Para o varejista, a cada dia surgem soluções para processos de compra, marketing, estoque, relacionamento com o cliente, e tantos outros. Para o consumidor, multiplicam-se soluções para comparar preços, encontrar o produto ideal, ser avisado quando passa em frente a uma oferta interessante e por aí vai. Não há limites para a transformação que startups podem trazer ao varejo. A Academia MOL lista 7 exemplos.

Take

Área: Cross Area

Inteligência Artificial é um dos avanços tecnológicos que mais ganharam tração nos últimos anos. Segundo números da IB Insights, startups que desenvolvem soluções baseadas nessa tecnologia levantaram 1,8 bilhão em investimentos entre 2013 e 2018 e grande parte desse volume veio de gigantes como Google e Apple.

As aplicações dessa tecnologia são diversas e uma das mais interessantes está na automatização da comunicação com consumidores, por exemplo, algo que pode ser bem aproveitado pelo varejo. A startup Take é uma que oferece um tipo de serviço que ajuda as empresas a construírem as suas próprias plataformas de chatbots de acordo com a sua necessidade de comunicação.

Essa plataforma pode ser usada na promoção de engajamento e também no atendimento e vendas em canais de mensagem como o WhatsApp. A ferramenta torna possível, ainda, não apenas o desenvolvimento de um robô, mas também a sua integração ao atendimento humano, algo que pode melhorar a interação com os clientes.  

Looqbox

Área: Big Data

Quem está à frente do departamento jurídico de uma empresa do varejo está diante de um desafio gigantesco, uma vez que 81,5% do volume de ações em trâmite atualmente na Justiça Brasileira contam com essas figuras como parte. Como organizar um volume de dados como esse? Como estar preparado para tomar decisões e desenvolver estratégias que garantam um jurídico eficiente?

Essas perguntas podem ser fácil e rapidamente respondidas com a ajuda da solução Looqbox, que oferece uma espécie de ferramenta de buscas parecida com o Google, só que personalizada para as necessidades e demandas de cada empresa. A ferramenta é multiplataforma e une big data e business intelligence na geração de relatórios sobre quaisquer temas e em diferentes formatos, como tabelas e gráficos.

https://www.youtube.com/watch?v=Y-HOaljs1V8

Linte

Área: Lawtech

Controlar processo e estar a par das atividades, entregas e metas do time são essenciais no dia a dia de uma grande varejista. Afinal, nessas empresas, os resultados são obtidos com a ajuda de cada uma das figuras que atuam no processo de venda de produtos para os consumidores.

Atualmente, existem softwares que atuam com o objetivo de tornar o acesso e a gestão aos dados da operação mais rápido e fácil e uma delas é a plataforma desenvolvida pela Linte. A ferramenta está dividida em três funcionalidades: gestão inteligente, automação e produtividade e insights e analytics. Com ela, é possível fazer a gestão de contratos (que podem ser milhares no caso de uma grande varejista), ter acesso a dados que podem se transformar em indicadores e informações preciosas para a tomada de decisão e até automatizar a produção de documentos em geral.  

Lawtech e Legaltech: as tendências para manter no radar em 2019

Biz.u

Área: RH

2019 promete ser o ano em que o varejo irá dobrar a oferta de vagas de emprego em todo o Brasil. Segundo estimativas da Fecomércio SP, em levantamento cedido ao site de notícias UOL, o setor deve criar 110 mil vagas neste ano ante as 75 mil registradas em 2018. Estar preparado para esse momento significa contar com uma área de Recursos Humanos afiada para encontrar, e reter, os melhores talentos.

E essa é mais uma área cujo desempenho pode ser impulsionado por avanços tecnológicos. Um exemplo é a solução oferecida pela startup Biz.u, que conta com uma ferramenta que une técnicas de análises de personalidade com analytics, com o objetivo de encontrar candidatos alinhados com a cultura da empresa, bem como com os requisitos e competências exigidas para a vaga.

Mediação Online

Área: Legaltech

O departamento jurídico corporativo está enfrentando grandes desafios, especialmente em razão de as empresas figuram hoje como as maiores litigantes da Justiça brasileira. Por essa razão, a aposta em métodos de resolução de conflitos, como a mediação e a negociação, são alternativas que podem ajudar a reduzir o estoque de processos judiciais.

A startup Mediação Online nasceu com essa proposta, mas trazendo a solução de controvérsias em uma plataforma online e 100% digital. Por meio das suas soluções, mediação ou negociação, as partes podem entrar em um acordo e dar fim ao conflito de maneira até 30 vezes mais rápida e até 50% mais econômica que as vias judiciais.

https://www.youtube.com/watch?v=iakHHIS3KNw

Hubify

Área: Marketing

Ter uma forte atuação no e-commerce é uma das maneiras mais eficientes de atingir um grande público e alavancar vendas. Para tanto, uma estratégia agressiva de Marketing Digital de Performance que atenda as particularidades do Google, gere tráfego orgânico e pago e seja capaz de converter visitas em oportunidades de negócio, é essencial. A startup Hubify atua em todas essas frentes.

Você sabe o que são os métodos alternativos de conflito? Confira nosso e-book que mostra como eles podem ser aplicados na era digital

O conteúdo oferecido faz parte da Academia MOL.

Para saber mais sobre a MOL – Mediação Online, acesse www.mediacaonline.com.

Siga a gente no Instagram, LinkedIn e Facebook. 😉

[rock-convert-cta id=”9244″]

 

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Posts Recentes

Menu