fbpx
Conflitos trabalhistas e a indústria de papel e celulose_richardkasperowski_unsplash

Como a indústria de papel e celulose pode solucionar conflitos trabalhistas com ODR

BlogPosts
Nenhum comentário

A indústria do papel e celulose é um pilar importante da economia brasileira: representa 6,1% do Produto Interno Bruto industrial e vem batendo recordes ano após ano, consolidando-se como peça fundamental da retomada econômica.

Processos no Brasil: Quanto as empresas gastam anualmente

Segundo números da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), a indústria de base florestal registrou um superávit de 9 bilhões de dólares em 2017 e as exportações hoje equivalem a 4% do total exportado pelo Brasil. O setor é, ainda, um grande gerador de empregos, responsável por 3,7 milhões de postos de trabalho.

As 60 empresas em atividade no país têm planos ambiciosos para o futuro e pretendem aumentar o seu faturamento em 46% até o final de 2019. Um desafio e tanto, que exigirá estratégias de redução de custos e eficiência para todo o setor.

Nesse sentido, os departamentos jurídicos podem ter um papel fundamental na implementação de medidas de redução no passivo judicial. E isso pode ser especialmente vantajoso quando se olha para a Justiça do Trabalho, na qual empresas do setor de papel e celulose constam como grandes litigantes.

De acordo com dados do Tribunal Superior do Trabalho (TST), entre os temas mais recorrentes das ações em trâmite nas varas trabalhistas Brasil afora estão pedidos de horas extras, intervalos intrajornada e indenizações por dano moral. O tempo médio de tramitação, em primeiro grau, é de onze meses, enquanto no TST é de dois anos e três meses.

A boa notícia é que, hoje, é possível resolver essas questões de forma mais rápida, amigável e menos custosa por meio do chamado ODR (Online Dispute Resolution), que nada mais é que o uso dos métodos alternativos de resolução de conflito, como mediação e negociação, em um espaço 100% digital.

Essas soluções foram desenvolvidas para ajudar tanto as empresas quanto a sociedade a manterem uma relação mais saudável com a Justiça, que é lenta e custosa no Brasil. São ferramentas baratas e acessíveis a qualquer pessoa com uma conexão de internet. Entre os benefícios do ODR para as empresas do setor de papel e celulose, destacam-se:

  • Rapidez: a resolução de um conflito é 30 vezes mais rápida que na Justiça;
  • Economia: é até 50 vezes mais barato do que um processo judicial;
  • Escalável: pode ser usado em um alto volume de casos.

Como a Mediação Online pode ajudar o setor de papel e celulose

A Mediação Online desenvolveu uma plataforma digital de mediação e negociação, métodos que podem solucionar os conflitos trabalhistas que afetam o setor de papel e celulose. Ao apostar nesses métodos, empresas evitam a judicialização de novas ações e economizam tempo e dinheiro.

Negociação e mediação: o acordo digital para resolução de conflitos

Na experiência da startup, sua ferramenta de mediação resolve conflitos de maneira até 30 vezes mais ágil e 6 vezes mais barata que a Justiça. Já a ferramenta de negociação é até 115% mais rápida e tão econômica quanto.

Em ambos os casos, o diálogo amigável é a regra e não são menos seguros que uma decisão judicial, já que a conversa é sempre encerrada com um acordo online que tem a validade de um título executivo extrajudicial.

Acordo online: como empresas estão evitando os altos custos e a burocracia dos processos

A mediação é o método mais indicado para resolver os problemas mais profundos e emocionais, como é o caso de problemas trabalhistas mais complexos, como aqueles nos quais uma relação de anos entre o colaborador e a empresa é destrinchada nos mínimos detalhes. A ideia é a de restaurar a confiança entre as partes.  

A sessões contam com a participação de uma terceira parte, neutra e imparcial, o mediador. É ele que ajudará os envolvidos a conquistarem um acordo que seja benéfico para ambos os lados.

A negociação, por sua vez, pode ser aplicada em conflitos objetivos, nos quais as partes não mantenham um relacionamento anterior ou não sejam tão próximas. Neste caso, conversa não conta com um intermediador, a empresa envia uma proposta de acordo e a outra parte avalia se concorda com as condições.

 

Se interessou pelo ODR e quer saber mais sobre as soluções da Mediação Online? Então entre em contato conosco.

O conteúdo oferecido faz parte da Academia MOL.

Para saber mais sobre a MOL – Mediação Online, acesse www.mediacaonline.com.

Siga a gente no Instagram, LinkedIn e Facebook.

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Posts Recentes

Menu