fbpx
indústria automobilística

Como a mediação online pode resolver conflitos trabalhistas na indústria automobilística

BlogPosts
Nenhum comentário

A indústria automobilística no Brasil está acostumada com grandes números, seja em momentos de crescimento ou em momentos de crise. A mais recente delas, da qual o país ainda tenta se recuperar, atingiu o setor em cheio a partir de 2013. Desde então, emplacamentos de automóveis despencaram de 1,4 milhão para cerca de 810 mil em 2016, uma queda brusca. 

E-book: O que muda com a reforma trabalhista: principais definições da nova legislação

A partir daquele ano, o setor começou a esboçar certa recuperação, atingindo 958 mil emplacamentos em 2018, mostraram dados da Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores (Fenabrave). Estimativas da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) dão conta de que a retração na indústria automobilística neste período foi de 40%

A indústria automobilística e os conflitos trabalhistas

Essa lenta recuperação da indústria automobilística ainda não chegou aos empregos, impactados pelos últimos anos de crise por demissões em massa e lay-offs, a suspensão temporária do contrato de trabalho. Segundo a Anfavea, o número de trabalhadores do setor registrou retração de 1,8% em maio de 2019 na comparação com 2018. 

Mas não são apenas as dificuldades econômicas que vêm ameaçando a relação entre o setor e seus colaboradores: a revolução trazida à tona pelos avanços na automação também promete impactar a geração de empregos. Hoje, a indústria automobilística já é a maior “empregadora”de robôs nos países desenvolvidos, um movimento que pouco a pouco se alastra para outros mercados, como o Brasil. 

As novas tecnologias e as ideias que estão na mira das startups

O resultado mais imediato da combinação destes fatores é um aumento no número dos conflitos trabalhistas, que já conta com empresas deste setor entre as maiores litigantes na Justiça do Trabalho. Nas varas trabalhistas Brasil afora, as demandas mais comuns são pedidos de horas extras, intervalo intrajornada e indenização por dano moral. 

Como a mediação online pode atuar nos conflitos trabalhistas do setor

Lidar com conflitos trabalhistas, estejam os casos em trâmite na Justiça do Trabalho ou não, será um desafio e tanto para as empresas da indústria automobilística. Ainda mais num momento no qual o setor tenta se recuperar da crise econômica e precisa também se preparar para as transformações que estão por vir. 

Com os meios alternativos de resolução de conflitos, como a mediação e a negociação, é possível fazer isso de maneira mais rápida e menos custosa que a Justiça. Isso porque tais métodos são capazes de resolver problemas trabalhistas sem que seja necessária a interferência do Judiciário. 

O que você não sabia sobre o uso de mediação online nos setores da indústria

A mediação é o método mais indicado para resolver os problemas complexos, como é o caso de problemas trabalhistas que envolvem colaboradores mais antigos, que tem uma relação mais profunda com a empresa.

Neste caso, as sessões contam com a participação de um mediador, uma terceira parte, neutra e imparcial, que ajudará os envolvidos na caminhada por um acordo que seja benéfico para todos, colaborador e empresa. O objetivo, neste caso, é restaurar a confiança e a relação. 

Já a negociação é o método mais indicado para conflitos objetivos, como casos de pagamento de horas-extras e outras questões mais pontuais que podem surgir da demissão de um colaborador. Neste caso, o papo não envolve uma figura como o mediador, já que a interação ocorre diretamente entre a empresa e o empregado. 

Tais métodos são capazes de resolver conflitos de maneira até 30 vezes mais ágil e 6 vezes mais barata que a Justiça. Em ambos os casos, a segurança jurídica da tratativa está garantida, já que o diálogo é termina com a assinatura de um acordo online que tem a validade de um título executivo extrajudicial.

Quer saber mais sobre como a Mediação Online pode ajudar a sua empresa? Não deixe de entrar em contato conosco.

O conteúdo oferecido faz parte da Academia MOL.

Para saber mais sobre a MOL – Mediação Online, acesse www.mediacaonline.com.

Siga a gente no Instagram, LinkedIn e Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Posts Recentes

Menu