fbpx
maquininha de cartão

Como usar ODR para solucionar conflitos entre lojista e maquininha de cartão

BlogPosts
Nenhum comentário

Há alguns anos, ninguém teria imaginado o tamanho da revolução que a maquininha de cartão traria para o dia a dia do varejo. Hoje, são ao menos 21 marcas no mercado, uma concorrência feroz que colocou as instituições financeiras em uma corrida pelas melhores taxas, melhores condições de pagamento e os menores prazos para o recebimento dos valores. Não à toa, esses dispositivos se tornaram os favoritos do setor.

Essa popularidade cada vez maior da maquininha de cartão trouxe à tona desafios jurídicos consideráveis para as instituições financeiras. Afinal, para ganhar pontos nessa batalha, as entidades precisam apostar em oferecer vantagens e benefícios para os empreendedores, cada vez mais exigentes com suas demandas. 

SAC 3.0 e solução de conflitos: por que as empresas não podem ficar de fora dessa

Os conflitos mais comuns entre lojistas e as maquininhas

  • Antecipação de valores

A concorrência faz com que cada uma pense em condições atraentes para captar a atenção do lojista e uma delas é a antecipação de valores. Até pouco tempo, o default nos contratos era a disponibilização do valor em 30 dias. Hoje, é possível receber em até 24 horas! O problema é que as instituições nem sempre conseguem honrar esse prazo, fazendo dessa vantagem uma dor de cabeça para todos os envolvidos. 

  • Falha no servidor

Muitos dos problemas enfrentados pelos lojistas é de cunho tecnológico. E aí pode ser o servidor da maquininha de cartão, que não está funcionando corretamente, e até um problema de conexão. A questão é quando esse tipo de falha acaba por afetar o dia a dia da operação do lojista, causando transtornos para suas vendas e a insatisfação com o serviço prestado. 

  • Cobrança indevida

Anuidade e taxas zeros são outras condições interessantes para os lojistas e que podem fazer com que eles escolham uma maquininha de cartão em detrimento de outra. Agora imagine a chateação quando ele se depara com a cobrança indevida de algum valor que, por contrato, não deveria ser cobrado? Conflito na certa. 

Como resolver esse conflitos via ODR

Mostramos os principais pontos em que podem nascer os conflitos entre maquininha de cartão e lojista, e que podem se arrastar por anos na Justiça. Há, no entanto, outras formas de prevenir esses problemas resolvê-los fora das vias judiciais, mas com total segurança: Online Dispute Resolution (ODR), que nada mais é que o uso dos meios alternativos de resolução de conflitos por meio de plataformas online

ODR: 5 razões para as empresas do varejo apostarem nesse método

Nesse sentido, a mediação e a negociação são as duas principais ferramentas de ODR. A mediação é a mais indicada para a resolução de conflitos complexos, como as falhas começam a prejudicar as vendas do lojista. A negociação, por sua vez, é a mais adequada para problemas simples, como a cobrança de uma taxa indevida, por exemplo.

Lembrando que a realização de sessões de mediação ou negociação por meio de ODR geram um acordo online, que tem validade de título jurídico extrajudicial. Isso significa que tudo o que é acordado entre instituição financeira e lojista é permeado de segurança. E isso torna a resolução do conflito rápida, ágil e benéfica a todos.

Se interessou pelo nosso conteúdo e quer saber mais sobre as soluções? Entre em contato conosco

 

O conteúdo oferecido faz parte da Academia MOL.

Para saber mais sobre a MOL – Mediação Online, acesse www.mediacaonline.com.

Siga a gente no Instagram, LinkedIn e Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Posts Recentes

Menu