fbpx
KPI key performance indicator

Conheça 5 KPIs para uma gestão eficiente do contencioso trabalhista

BlogPosts, Sem categoria
Nenhum comentário

O que são KPIs?

KPIs (Key Performance Indicators ou Indicadores-Chave de Desempenho, em português) são ferramentas de estratégia e gestão que tem como objetivo ajudar os gestores e o time no monitoramento das atividades da área e o seu desempenho. 

Os resultados empresariais e o departamento jurídico

Por meio destes indicadores, se tem em mãos informações preciosas que podem ajudar deixar o departamento mais eficiente. KPIs, portanto, são métricas que vão ajudar na avaliação do andamento dos processos da área e podem ser usados em qualquer tipo de negócio e qualquer atividade. 

E que métricas são essas? As essenciais para o dia a dia do setor. Existem várias categorias de KPIs, como indicadores de qualidade, produtividade e estratégicos. Tudo dependerá do que se deseja extrair dessa técnica de visão estratégica. 

  • Indicadores de qualidade: ajudam a compreender o estado do processo produtivo e se o mesmo está andando dentro do que é considerado adequado;
  • Indicadores de produtividade: são indicados para monitorar as entregas dos colaboradores;
  • Indicadores estratégicos: são aqueles que orientam os rumos da empresa para que a mesma consiga atingir seu objetivos. 

5 KPI’s que podem ajudar o contencioso trabalhista

O jurídico é um dos departamentos que podem se beneficiar enormemente do uso indicadores. Especialmente quando se fala na gestão do contencioso trabalhista, uma das áreas do jurídico de uma empresa mais abarrotadas por processos. Abaixo, listamos 5 KPIs importantes e que podem ser facilmente implementados.

1 – Estoque de processos

Um dos KPIs mais importantes é aquele que monitora o estoque de ações trabalhistas que já foram ajuizadas contra a empresa. A ideia, aqui, é a de entender a evolução dos processos ativos no decorrer do tempo, para que se possa compreender se o número está aumentando ou diminuindo. Essa informação faz toda a diferença para se ter noção do quão bem-sucedida está sendo a estratégia jurídica. 

2 – Taxa de êxito

Primeiramente, vale notar que êxito, no caso deste indicador, não está relacionado apenas à vitória ou derrota da empresa, mas sim a um olhar amplo para as ações nas quais a empresa está envolvida. 

E-book: O que muda com a reforma trabalhista: principais definições da nova legislação

O objetivo, aqui, é que o contencioso trabalhista consiga analisar os casos em trâmite para perceber quais as chances de vitória e de derrota em cada caso e conseguindo antever e estruturar a melhor estratégia para cada uma das situações.

3 – Recorrência de processos

O indicador de recorrência de processos tem como objetivo promover uma análise profunda sobre os processos nos quais está no polo passivo da demanda. Uma possibilidade é dividir esse indicador em duas subcategorias: jurídica (advogados contrários, demandas mais comuns) e negócios (quais os cargos mais envolvidos, setores e funções).

4 – Fases processuais

Gestores do departamento jurídico e advogados que atuam em qualquer área sabem da importância dos prazos e ritos do Judiciário. Por essa razão, manter um indicador que mostre em que fase processual um caso está é essencial para garantir que as ações e providências sejam tomadas no momento certo. 

5 – Conflitos solucionados antes da judicialização

Uma das melhores estratégias para reduzir estoque de ações judiciais é apostar nos meios alternativos de resolução de conflitos. Eles evitam a judicialização de novos casos e podem ser aplicados em casos que já estejam em trâmite na Justiça. 

Menos burocracia, mais tecnologia! Os benefícios da mediação online para as empresas

Ao implementar os outros KPIs e se ter conhecimento acerca dos conflitos que mais levam a empresa à Justiça Trabalhista, é possível atuar para resolvê-los antes que cheguem às vias judiciais. Vale, portanto, manter um KPI que monitore a quantidade de acordos que o jurídico está conseguindo firmar com colaboradores ou ex-colaboradores insatisfeitos. 

Um grande banco, por exemplo, pode ter em seu estoque de ações trabalhistas mais de cinco mil processos em trâmite. Por essa razão, apostar nos KPIs para realizar a gestão dos processos e resultados vão ajudar não apenas na organização das entregas do time, mas também na tomada de decisão estratégica nos casos. 

Quer saber mais sobre as soluções da Mediação Online? Entre em contato conosco

O conteúdo oferecido faz parte da Academia MOL.

Para saber mais sobre a MOL – Mediação Online, acesse www.mediacaonline.com.

Siga a gente no Instagram, LinkedIn e Facebook.

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Posts Recentes

Menu