MOL anuncia aquisição da Robobiz e é destaque na mídia

BlogPosts
Nenhum comentário

A MOL – Mediação Online,  lawtech fundada em 2015, anunciou nesta semana a aquisição da Robobiz, startup brasileira especializada em Robotic Process Automation (RPA), tecnologia aplicada para automatizar tarefas repetitivas e processos de negócios.

Agora, a MOL amplia a gama de soluções e funcionalidades na plataforma. Além da captura dos casos ajuizados, passa a atuar também na captura de processos administrativos na origem (Procon e Consumidor.gov), passando por otimização e automação de etapas e processos até a resolução e geração de acordos.

Esta aquisição faz parte do plano de crescimento da MOL, que vem observando o mercado e sentindo cada vez mais a necessidade de ajudar as empresas a resolverem conflitos nesta esfera.

De acordo com um estudo realizado internamente, este tipo de conflito cresceu desde o início da pandemia. Dados do Consumidor.gov mostram que o total de reclamações finalizadas pelo serviço público no primeiro semestre deste ano cresceu 90% em relação ao mesmo período de 2019. E o Procon-SP também registra alta expressiva (109%) de atendimentos relacionados a compra na internet.

Para conhecer mais sobre a nova funcionalidade, agende uma demonstração.

MOL na mídia

O assunto da aquisição da Robobiz pela MOL foi destaque em vários portais de notícias do Brasil e do mundo. Com exclusividade, a Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios noticiou, em primeira mão, a compra.

“A MOL anunciou com exclusividade para Pequenas Empresas & Grandes Negócios a aquisição da startup Robobiz (…). A compra da startup que automatiza tarefas repetitivas por robôs ajudará a MOL a melhorar sua frente de conflitos administrativos registrados no consumidor.gov, no Procon e nos SACs das companhias clientes. A MOL espera chegar a 100 clientes até o final de 2020”, destacou a revista.

Confira o texto aqui.

Em seguida, vários outros sites de notícias já estavam dando a nota da aquisição da Robobiz pela MOL. A Startupi, site sobre mercado de inovação, negócios, empreendedorismo e tecnologia brasileira comentou sobre a funcionalidade da nova ferramenta.

“Com as novas funcionalidades, a MOL possibilita, por exemplo, que em menos de uma hora sejam capturadas reclamações de até 250 contas do Procon. Antes da automação, este trabalho levaria, pelo menos, vinte horas para ser realizado, o que dá condições para que as empresas consigam respeitar o prazo para resolução de conflitos desta natureza — que é de até 10 dias depois da reclamação formalizada.”

Leia na íntegra.

Alguns canais destacaram também o crescimento da demanda de reclamações em órgãos administrativos devido ao aumento das compras pela internet em função do isolamento social causado pela pandemia da Covid-19.

Confira:

Internacional

O site mexicano Contxto, principal da América Latina para notícias e dados de tecnologia, startups e capital de risco, também deu destaque para a pauta de aquisição feita pela MOL, citando, ainda, o trabalho que a MOL já vem realizando há alguns anos.

Correspondingly, mediation can be a more accessible alternative. And legaltech, Mediação Online (MOL) is helping conflicting parties in Brazil talk through these problems—all at a distance of course.”

“In addition to avoiding delays in responses, we provide a better view of why consumers are dissatisfied,” says Camilla Lopes, co-Founder at MOL. “Legal and customer service departments gain a more strategic role and cease to act as a simple call center.”

MOL’s acquisition reflects our ever-growing reality that AI adoption is automating routine tasks, even within the legal sphere.

O texto completo você lê AQUI.

Time de peso

Com a aquisição feita pela MOL, os dois fundadores da Robobiz passam a integrar ao time da startup. Rodrigo Superti e Davi Francelino agregam tecnologia e suas experiências nas áreas de produto e vendas. 

Dentre os principais clientes atendidos pela Robobiz está o Mercado Livre, para o qual a startup desenvolveu seus primeiros algoritmos e automações com o objetivo de reduzir o tempo e melhorar a experiência na resolução de conflitos administrativos entre o e-commerce e consumidores. São considerados conflitos administrativos aqueles gerados no âmbito do SAC, Procon ou Consumidor.gov, por exemplo, que podem também originar processos jurídicos, e estão em alta neste período de pandemia.

Para conhecer o case do Mercado Livre, fale com os especialistas e solicite uma conversa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Posts Recentes

Menu