fbpx
A recuperação judicial da Avianca atingiu em cheio passageiros e operadoras de turismo. Veja como essas empresas podem minimizar danos_WikimediaCommons

Setor de turismo: como minimizar os impactos da recuperação judicial da Avianca

BlogPosts
Nenhum comentário

A recuperação judicial da Avianca, a quarta maior companhia aérea do Brasil, atingiu em cheio não apenas os passageiros, mas todo o setor de turismo. O processo foi anunciado em dezembro, época na qual os brasileiros estão organizando suas férias e operadoras de turismo trabalham a todo o vapor.

Overbooking: por que as companhias aéreas devem resolver com ODR?

Desde então, a operação se tornou caótica, com centenas de voos da Avianca cancelados no feriado da Páscoa, uma data que movimenta a malha aérea de todo o país. A cada dia, mais e mais aeronaves deixam de decolar e não faltam problemas para todas as partes envolvidas no processo de compra e venda de passagens aéreas.

Os conflitos gerados pela recuperação judicial da Avianca

Os desdobramentos da recuperação judicial da Avianca se tornaram notícias em todo o Brasil pelas grandes dificuldades que os passageiros enfrentam para embarcar, quando embarcam. Entre as principais reclamações, estão violações de direito do consumidores.

Danos morais: conheça os processos mais comuns e saiba como as empresas podem se prevenir

As operadoras de turismo estão no meio desse fogo cruzado, já que respondem de maneira solidária aos problemas causados por companhias aéreas. Têm, portanto, a mesma responsabilidade de prestar auxílio aos consumidores e de indenizá-los pelos prejuízos sofridos em razão da recuperação judicial da Avianca.

Evitar a judicialização dos conflitos que estão surgindo dia a dia será um enorme desafio para as operadoras de turismo, que incluem agências e sites de viagens. E isso sem falar nos riscos de imagem, uma vez que esses transtornos abalam a confiança do consumidor nos serviços prestados.

Há, contudo, uma maneira de essas empresas contornarem o problema: apostar nos métodos alternativos de solução de conflitos, como a mediação e a negociação.

Conheça as diferenças entre o mutirão de conciliação privado e do judiciário

Como resolvê-los com mediação e negociação?

Os principais problemas que operadoras de turismo estão enfrentando em razão da recuperação judicial da Avianca podem ser resolvidos sem a interferência do Judiciário, por meio da mediação e da negociação.

A Mediação Online desenvolveu uma plataforma digital que contempla esses dois métodos. As soluções já foram usadas em quase 35 mil casos, são seis vezes mais econômicas que a Justiça e 30 vezes mais ágeis. Também causam um aumento no NPS (Net Promoter Score), método que avalia a satisfação dos clientes sobre os serviços prestados.

A mediação é a ferramenta indicada em conflitos complexos, emocionais, nos quais as partes tenham um relacionamento anterior. Neste caso, há uma terceira figura envolvida no processo, que é o mediador, o responsável por conduzir as partes rumo a um acordo benéfico para todos. Mais do que resolver o problema, tem como objetivo reparar a relação entre as partes e restaurar a confiança.

Outro método é a negociação, que é como uma conversa direta, franca e objetiva. Aqui, no entanto, as partes negociam diretamente: há uma proposta de acordo enviada pela empresa e parte contrária avalia se tal atende suas necessidades e demandas.

As soluções oferecidas pela plataforma digital da Mediação Online contam, ainda, com o acordo online. Assim que as partes atingem um consenso, é gerada uma minuta de acordo, posteriormente assinada por todos. Esse documento tem validade de título executivo extrajudicial, o que garante segurança jurídica às tratativas.

Se interessou pelas soluções da Mediação Online? Então entre em contato conosco para saber mais detalhes

O conteúdo oferecido faz parte da Academia MOL.

Para saber mais sobre a MOL – Mediação Online, acesse www.mediacaonline.com.

Siga a gente no Instagram, LinkedIn e Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Posts Recentes

Menu