fbpx
gestao jurdica produtiva_steven-lelham_unsplash

5 práticas fundamentais para uma gestão jurídica produtiva

BlogPosts
Nenhum comentário

O dia a dia dos advogados é permeado por números dramáticos, um cenário que deixa evidente a necessidade de uma estratégia de gestão jurídica produtiva nas empresas. Segundo uma pesquisa da ProJuris, 42% dos profissionais da área trabalham mais de oito horas por dia. Nesse mesmo levantamento, a “desorganização” foi eleita a vilã do ano.

4 dicas para ter sucesso na gestão estratégica do departamento jurídico

O cenário não muda quando se amplia o recorte e inclui todos profissionais de todas as áreas. De acordo com o Sebrae, apenas 39% do expediente é gasto na execução das tarefas para as quais a pessoa foi contratada. Todo o resto está sendo direcionado para reuniões, e-mails, bem como na busca e consolidação de informações.

5 práticas para uma gestão jurídica produtiva

A falta de produtividade é um problema a ser resolvido pelos gestores, sob pena de o jurídico ficar conhecido na empresa como um gerador de custos, não resultados. Nesse sentido, como transformar o dia a dia de caótico a eficiente? Veja as dicas da Academia MOL.

1 – Identifique os problemas que atrapalham o time

O primeiro passo é identificar o que está por trás da falta de produtividade do time. Quanto tempo duram as reuniões? Quanto tempo se leva no gerenciamento dos e-mails? Os advogados terminam o expediente no horário? Conseguem encerrar suas tarefas diárias?

A partir desse mapeamento, o gestor poderá pensar em ações que reduzam o tempo gasto na execução dessas ações, auxiliando a equipe a focar nas tarefas que estão efetivamente ligadas às atividades estabelecidas como prioritárias para o jurídico.

2 – Estabeleça metas

Estabelecer metas de curto, médio e longo prazo é outra prática essencial para ajudar a área se tornar mais produtiva. E aí vale pensar em estabelecê-las para o jurídico como um todo e também para os advogados individualmente.

Essas metas precisam ser pensadas de modo que sejam complementares e caminhem juntas, passo a passo, na direção do objetivo final, que também deve ser apresentado de maneira clara à equipe pelo gestor.

Um exemplo de meta de longo prazo: reduzir em 30% a judicialização de conflitos que chegam ao Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da empresa. As ações de curto e médio prazo devem ajudar a área a chegar até esse objetivo e os colaboradores devem estar divididos de modo que estejam concentrados em cada uma delas. Assim, todos caminham juntos rumo ao objetivo final.

3 – Estruture os processos

Processos são as tarefas e atividades executadas no dia a dia de uma empresa e são essenciais para garantir um bom funcionamento das áreas. Na concepção de uma estratégia jurídica produtiva, vale o gestor jurídico deve usar uma lupa para analisar como estão estruturados os processos e se eles estão em consonância com as metas estabelecidas. Assim, poderá avaliar eventuais gargalos que possam estar afetando a produtividade da equipe e atuar para corrigi-los.

4 – Mantenha os indicadores em ordem

Problemas identificados, metas estabelecidas e processos estruturados, hora de pensar em indicadores que ajudem a avaliar se tudo está caminhando bem. Considerando aquele objetivo que falamos lá em cima, sobre a reduzir judicialização de conflitos no SAC, o gestor pode analisar as metas que levarão até ele segundo diferentes indicadores, como custos e tempo para a solução do problema. Esses indicadores resultarão em dados que vão mostrar se o jurídico está na direção certa.

5 – Monitore os resultados

A estratégia está amarrada e os indicadores em ação. O momento passa a ser o de monitorar os resultados. Vale pensar em traduzir os dados dos indicadores em relatórios que podem ser distribuídos para a equipe e para os diretores do jurídico, para que todos visualizem as métricas. Envolver colaboradores e gestores na estruturação e aplicação da estratégia ajudará, ainda, a unir o time.  

 

Quer um Jurídico moderno? Saiba como a inovação nas empresas pode ajudar a resolver conflitos

O conteúdo oferecido faz parte da Academia MOL.

Para saber mais sobre a MOL – Mediação Online, acesse www.mediacaonline.com.

Siga a gente no Instagram, LinkedIn e Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Posts Recentes

Menu